Textos | Poerônicas | Cronesias.

Mês: dezembro 2015

São Paulo, 07 de dezembro de 2015.

São Paulo, 07 de dezembro de 2015.

Querida São Paulo, Quero começar essa carta dizendo que te amei muito, muito. Amor daqueles de verdade, de arrepiar os pelinhos e fazer doer o coração. Me imaginar sem você? Longe de você? Fora de você? Jamais e com j maiúsculo. Aí eu nasci, cresci, […]