Textos | Poerônicas | Cronesias.

Mês: maio 2013

destino.

destino.

  Você planeja, você calcula e você pensa. Você repensa, faz conta, inventa lógicas e desenha caminhos.Você traça. Todas as possibilidades. Você tranca todas as saídas, você fecha todas as portas. E abre janelas porque o vento e o sol podem entrar, mas só eles. […]

É amor.

É amor.

Ei você, querido amigo heterossexual que quer entender e questionar! Porque você só gosta de ruivas não maquiadas? Porque as mais altas que falam de política não te atraem? Como você não morreu de vontade de engolir, num único e grotesco gole, aquela loira que […]

O dia em que fechei a porta.

O dia em que fechei a porta.

Depois de 11 meses estou aqui. Do lado de cá da porta. Testando meus limites, rindo da cara da minha falta de coragem, dobrando minha vontade de sair voando pela janela. Com a cabeça encostada no número do apartamento, penso se viro a chave e […]