Textos | Poerônicas | Cronesias.

Mês: junho 2011

Do começo do começo para o começo do começo.

Do começo do começo para o começo do começo.

O começo do começo é sempre no “vem” meio sem vergonha, mas com tantas boas intenções que envolvem futuro, passado e presente. Para depois, no meio do começo, vir aquela pegada forte puxando meu mindinho que é sempre o que você alcança, por causa da […]