Textos | Poerônicas | Cronesias.

Mês: maio 2010

Meu amor de adolescente.

Meu amor de adolescente.

De tardinha ele falou comigo de um jeito tão gostoso e manso que eu fiquei aliviada. Uma agulha na bexiga, vazou o ar e tudo que era preciso ser guardado. Ele escancarou o horizonte e a janela era bem grande. E eu me senti segura […]